• Dietas, Exercícios Thu, Apr 3, 2014 No Comments

     

    Sejamos honestos: Grande parte de nós mantemos alguns quilos indesejáveis, que apesar de dieta rigorosa e prática de atividade física, não conseguimos eliminar. Por maior que seja o esforço, às vezes, nós simplesmente não conseguimos perder os quilos extras. A obesidade – mesmo que seja  causada por 5 ou 10 quilos – está associada a riscos consideráveis à saúde, inclusive doenças do coração, câncer, diabetes, e doenças reumáticas. Desta forma, o incômodo causado pelo excesso de peso não é apenas uma questão de aparência estética, mas sim, de comprometimento da qualidade de vida e saúde, dádivas que devemos preservar constantemente.

     

    Uma pesquisa  revela que cinco entre seis pessoas que tentam emagrecer substancialmente acabam falhando, e quase a totalidade daqueles que conseguem perder peso, ganham tudo de volta em pelo menos dois anos. Isto acontece porque quando a dieta é severamente restringida, o organismo começa a adaptar-se a uma alimentação pobre e também reduz o metabolismo, dificultando a possibilidade de perder peso. Além disso, devido a fatores genéticos ou outras condições, algumas pessoas têm o seu metabolismo básico muito baixo em relação às outras, o que também determina a incapacidade para emagrecer. Assim, apesar de todos os esforços, o ponteiro da balança não cede. Diante de tamanha impotência, nos perguntamos se chegou a hora de apelar para os remédios emagrecedores oferecidos no mercado, apesar de seus sofríveis efeitos colaterais.

     

    A resposta é obtida através de outra pergunta: Ao invés de recorrer aos remédios convencionais que prometem efeito rápido, porém temporário, por que não não buscar formas alternativas para alcançar emagrecimento duradouro?  Os suplementos alimentares naturais causaram uma revolução no tratamento saudável da perda de peso. Eles ajudam a desintoxicar o organismo e constituem uma excelente fonte de nutrientes, reduzindo o apetite ao longo do dia. Sabendo disso, o Ultra Slim System desenvolveu sua fórmula em compostos naturais, com base em extratos de uma fibra vegetal indiana chamada Psyllium, que além de trabalhar na diminuição da gordura, também funciona como controlador do apetite.  E a melhor notícia é que você pode utilizá-lo sem qualquer outra alteração drástica em sua rotina diária. Ademais, estudos clínicos comprovam que doses diárias da fibra solúvel de Psyllium ajudam a reduzir o risco de doenças cardíacas por auxiliar na diminuição do colesterol, estimulando hábitos de vida saudáveis.

     

    São muitos os emagrecedores tradicionais disponíveis no mercado, porém grande parte deles causam náuseas, dores de cabeça e alterações psicológicas, colocando o bem-estar último plano.  Você não precisa debruçar-se sobre inúmeras bulas e receituários médicos em busca da solução medicamentosa menos agressiva à saúde.  Além disso, uma vez que a pessoa pare de tomar o remédio, o apetite pode retornar dobrado, provocando novo aumento de peso. Já o  Ultra Slim System consegue impedir o apetite exagerado de forma 100% natural e garante os resultados desejados em apenas alguns meses, sem prejudicar as funções normais do organismo. Após iniciar o tratamento, o indivíduo demora mais a sentir fome, diminui a quantidade de refeições, e perde peso naturalmente.

  • Dietas, Exercícios Fri, Oct 4, 2013 No Comments

     

    Se você não tem tempo de fazer uma academia ou qualquer outra atividade física, e nem mesmo ir caminhar aos finais de semana, fique tranquila, seu dia não precisa ter 48 horas para você ainda encontrar um tempo de fazer pequenas mudanças em sua vida.

    Vai de carro para o trabalho? Separe dois dias da semana para ir de ônibus, isso vai fazer com que você caminhe um pouco mais na semana. Se você já vai de ônibus todos os dias, que tal descer um ou dois pontos antes do seu, isso fará com que você faça pequenas caminhadas que vão te ajudar a queimar algumas calorias a mais.

    Hoje em dia, apesar de ainda não ser muito comum entre a maioria dos brasileiros e parecer, para muitos, um pouco perigoso, muitas pessoas estão começando a abandonar seus carros e o conforto que ele traz para ir trabalhar e uma das opções que tem aparecido mais constantemente são as bicicletas que permitem pedalar até seu destino. É uma pequena mudança, mas que vai fazer um grande bem a sua saúde física.

    Para quem mora ou trabalha em um dos tantos prédios da cidade, abandonar o elevador para subir escadas, degrau por degrau, é uma boa opção. Nem que seja dois ou três dias da semana, mas ao longo de um mês, você vai ver a grande diferença. Isso dará mais disposição e sensação de bem estar em sua vida.

    Cenaless e sua fórmula vão ajudar você a perder peso de maneira fácil e eficiente. Com produtos 100% naturais, sua composição ataca o problema de emagrecer em diversas frentes. Usando Cenaless frequentemente, o nosso organismo começa a mudar a maneira de trabalhar algumas funções e, consequentemente, fica mais preparado para perder peso. Veja como Cenaless aje no seu organismo.

    Cenaless contém em sua fórmula um ingredientes nativo da Ásia, chamado Psyllium. Ele está presente em uma planta chamada Plantago Ovata e possui fibras solúveis e insolúveis em sua composição. O consumo regular dessas fibras melhora o funcionamento do intestino, a síntese de alimentos e seus nutrientes, deixa o metabolismo afiado e faz bem até pra pele. E não para por aí: ingerir fibras e líquidos antes das refeições ajuda a preencher espaço no seu estõmago, que se sente mais saciado com menos comida. Resultado: você acaba comendo menos, mas sempre se sentindo satisfeita! Nada daquele desespero que as dietas comuns trazem sempre consigo.

    Dentro da cápsula do Cenaless, você ainda encontra o Colágeno. Apesar de muito usado pela indústria de cremes e cosméticos, apenas há pouco tempo o Colágeno tem recebido a devida atenção pelo mercado nutricional. Suas propriedades não só ajudam a combater o envelhecimento da pele, a presença de rugas, bem como problemas ósseos e articulatórios, mas melhoram o funcionamento do coração, limpando as veias e o sistema circulatório. É peça chave na fórmula do Cenaless, pois encoraja as pessoas mais sedentárias a darem um primeiro passo em direção a uma rotina saudável de exercícios leves e aeróbicos.

     

  • Dietas Tue, Jun 25, 2013 No Comments

    Você sabia que, com a Dieta da USP, você pode perder até 4 quilos em uma semana só?

    Mas pra isso você precisa segui-la à risca!

  • Dietas Sat, May 18, 2013 No Comments
    Dieta da USP

    Dieta da USP

     

    Se você quer perder uns quilinhos logo, e anda por aí procurando uma dieta que resolva rapidamente o seu problema, já deve ter ouvido falar da Dieta da USP. Trata-se de uma dieta bastante controversa, primeiramente pelo fato da Universidade de São Paulo não reconhecer esse modelo de dieta como algo produzido pelos seus especialistas e, em segundo lugar, por a Dieta da USP ser um tanto quanto agressiva ao organismo, devido à intensa restrição à ingestão dos carboidratos, limitando os macronutrientes apenas às proteínas e às gorduras.

    Mas apesar de toda a controvérsia em torno da Dieta da USP, existem diversos relatos de pessoas que obtiveram êxito seguindo suas dicas. Os resultados costumam vir rapidamente, embora grande parte do emagrecimento proporcionado por essa dieta seja devido à perda de massa magra e líquidos, ou seja, a resposta da balança pode ser positiva, mas não é das mais saudáveis. Um processo de emagrecimento adequado deve se propor a eliminar gorduras, e geralmente é mais lento do que o proposto pela Dieta da USP. Seja como for, caso você pretenda arriscar essa dieta, segue abaixo o cardápio que deve ser seguido rigorosamente – evite substituir alimentos ou trocá-los de horário.

    Dieta da USP CAFÉ DA MANHÃ ALMOÇO JANTAR
    1º dia Café preto, sem açúcar, com adoçante ou amargo mesmo. 2 ovos cozidas com ervas à vontade. Salada com alface, pepino e salsão à vontade.
    2º dia Café com biscoitos água e sal. 1 bife generoso com salada de frutas a gosto. Presunto à vontade.
    3º dia Café com biscoitos água e sal. 2 torradas, com dois ovos cozidos mais salada de vagem. Salada e presunto.
    4º dia Café com biscoitos água e sal. 1 ovo cozido, com 1 cenoura e queijo minas à vontade. Salada de frutas com iogurte natural.
    5º dia Cenoura crua com limão espremido, mais café preto. Frango grelhado à vontade. 2 ovos cozidos com cenoura.
    6º dia Café com biscoitos água e sal. Filé de peixe com tomates, à vontade. 2 ovos cozidos com cenoura.
    7º dia Café preto e limão Bife grelhado com frutas, à vontade. O que quiser! Menos doce e bebidas alcoólicas.

    Depois do sétimo dia, caso você ainda não esteja contente com o resultado, pode recomeçar o programa. Porém, nunca mantenha a Dieta da USP como seu plano de alimentação por mais de duas semanas. A intensa restrição de carboidratos que a Dieta da USP propõe pode causar alguns efeitos desagradáveis no nosso corpo, como fraqueza, dores de cabeça e enjoos. E, principalmente, não se esqueça: seja qual for a dieta que você escolher – Dieta da USP, da Sopa, da Lua, etc. – além do desafio de se manter fiel ao programa, saiba que o maior desafio vem depois. Reestruturar a sua alimentação de maneira que você não recupere todos os quilos perdidos com tanto esforço sem perceber. Se emagrecer é difícil, manter-se magro também não é uma tarefa simples.

  • Dietas Mon, Apr 25, 2011 No Comments

    Dieta Japonesa

    Dieta Japonesa

    Muita gente tem lido por aí que a dieta japonesa faz milagres e ajuda as pessoas a perderem muitíssimos quilos em pouco tempo. Ótimo. Quem não deseja isso? Mas as entrelinhas desse caso merecem atenção. Será que esse peso todo que a dieta japonesa tira de você é realmente do pneuzinho que você quer queimar? Perder peso simplesmente não quer dizer que a pessoa está eliminando gordura. Você perde peso quando elimina líquidos e quando perde massa magra também. E, no caso da dieta japonesa, esses são os componentes mais eliminados no emagrecimento: líquidos e massa magra. Estudos mostram que a dieta japonesa – como todas as dietas que eliminam consumo de carboidrato – elimina menos as gordurinhas chatas e localizadas do que se espera.

    E não é só isso: a restrição de carboidratos que a dieta japonesa propõe pode ser um pouco estressante para o nosso organismo. Como assim? Bom, os carboidratos são os nutrientes mais fáceis de serem transformados em energia para o corpo, por serem basicamente compostos de moléculas de açúcar interligadas. Uma vez que nosso corpo não encontra os carboidratos para usar como combustível, ele procura essa energia em outros lugares. Aí encontra as gorduras e proteínas. Porém, para metabolizá-las e transformá-las em glicose para fazer o corpo se mexer, o processo utilizado é lento e desgastante. Chama-se Cetose. A Cetose, além disso, costuma deixar no organismo substâncias conhecidas como corpos cetônicos que são tóxicos às nossas células e podem causar diversos efeitos desagradáveis, como dores de cabeça, náuseas, tonturas, fraqueza, enjoos, entre outros. Ou seja, a dieta que já estava difícil pela vontade de comer o tempo todo, ganha mais um inimigo.

    Outro ponto negativo está no fato de a tal dieta japonesa não permitir que você siga uma rotina de atividades físicas, sejam elas mais leves ou mais intensas. Isso porque os carboidratos são fundamentais para o bom desempenho dos músculos durante os exercícios e também para a recuperação deles, no relaxamento pós-atividade. Exercícios físicos aliados a uma dieta sem carboidratos gerariam um estresse enorme no corpo, além de dores em todos os músculos.

    Seja como for, com dieta japonesa, dieta da USP, do Dr. Isso ou do Dr. Aquilo, saiba que emagrecer deve ser um processo natural para o seu corpo, da mesma forma que foi ganhar peso. Medidas drásticas, que fogem do que o seu organismo entende como costume, podem sim apresentar resultados rapidamente, mas esse resultado dificilmente se mantém ao longo do tempo. Uma vez passado esse período de mudanças, a própria pessoa tende a retomar os seus antigos hábitos alimentares e o corpo busca a forma que tinha anteriormente. Que tal se, ao invés de tentar a dieta japonesa, você procurar um programa renomado de reeducação alimentar e começar a ser uma pessoa diferente de dentro pra fora?

     

  • Dietas Sun, Apr 24, 2011 No Comments

    Dieta do Carboidrato

    Dieta do Carboidrato

    Se você procura perder peso rápido já deve ter lido bastante coisa sobre dietas, remédios para emagrecer, programas de exercícios e etc. Uma das opções disponíveis para quem quer se livrar dos quilinhos rapidamente é a já famosa dieta do carboidrato. E ela, como qualquer outra dieta, tem pontos positivos e negativos. Não é nenhuma fórmula incrível que vá fazê-lo emagrecer sem sofrimento, disciplina ou esforço.

    Entenda agora como funciona a dieta do carboidrato, bem como quais são as vantagens e desvantagens.

    A dieta do carboidrato se baseia num princípio simples: eliminar todos os carboidratos da alimentação diária. Mas o que acontece com o nosso corpo quando eliminamos esse macronutriente tão importante? O corpo humano se adapta. Os carboidratos são a principal fonte de energia para o nosso organismo. São células de açúcar conectadas, fáceis para o metabolismo transformar em energia para o corpo aproveitar em todas as suas atividades. Quando essa fonte de energia se esgota, nosso metabolismo vai buscar matéria-prima para a energia em outro lugar – proteínas e gorduras. Esse processo, conhecido como Cetose, é muito mais trabalhoso que a síntese de carboidratos e ainda pode deixar substâncias tóxicas para o nosso corpo como resíduo, causando dores de cabeça, tonturas, fraqueza e náuseas.

    Outro porém: a dieta do carboidrato não é recomendada se você pratica esportes ou atividades físicas regularmente, o que, apesar de ser uma notícia triste para aqueles mais ativos, é um ponto positivo para os preguiçosos e sedentários. Evitar exercícios físicos é fundamental ao seguir a dieta do carboidrato pois, na execução desses exercícios, o corpo busca nos carboidratos a energia necessária para o bom funcionamento. Da mesma forma, quando os exercícios terminam, são os carboidratos que irão ajudar o corpo a recuperar-se do desgaste causado. Ou seja, se você não está consumindo carboidratos e inicia ou continua uma rotina de exercícios, o estresse para o seu organismo será muito grande, o que deve intensificar os efeitos desagradáveis mencionados anteriormente.

    Enfim, a dieta do carboidrato não é a resposta para todas as perguntas. Definitivamente. Mas, de acordo com seu estilo de vida e as preferências do seu paladar, você pode usar sim a dieta do carboidrato para dar uma enxugada rápida na silhueta. Rápida, sim, pois a dieta do carboidrato não deve ser mantida por um período superior a 15 dias, pois a Cetose crônica prolongada pode ser muito prejudicial ao organismo. Experimente. Não custa nada tentar esse método que já ajudou muita gente. Talvez seja útil para você, talvez não. Mas entenda que, se essa dieta não funcionar, não significa que emagrecer é impossível. Apenas você precisa procurar o método que melhor se adapta ao seu estilo. E ter muita força de vontade!

     

  • Dietas Sun, Apr 24, 2011 No Comments

    Dieta da Proteina

    Dieta da Proteína

    Quem deseja perder peso rápido com certeza já deve ter lido muita coisa sobre dietas, remédios para emagrecer, programas de exercícios e etc. Uma opção – dentre as inúmeras que tem por aí – para quem quer se livrar dos quilinhos com pressa é a famosa dieta da proteína. E ela, assim como todas as dietas, tem pontos positivos e negativos. Não é nenhuma fórmula mágica que vá fazê-la emagrecer sem sofrimento, disciplina ou força de vontade. Veja agora como funciona a dieta da proteína, bem como quais são as suas vantagens e desvantagens.

    A dieta da proteína se baseia num princípio simples: eliminar todos os carboidratos da alimentação diária e aumentarmos o consumo de proteínas. Mas o que acontece com o nosso corpo quando mudamos essa distribuição de nutrientes? O corpo humano se adapta. Os carboidratos são a principal fonte de energia para o nosso organismo. São células de açúcar conectadas, fáceis para o metabolismo transformar em energia para o corpo aproveitar em todas as suas atividades. Quando essa fonte de energia desaparece, nosso metabolismo procura matéria-prima para a energia em outro lugar – proteínas e gorduras. Esse processo, conhecido como Cetose, é muito mais trabalhoso que a síntese de carboidratos e ainda pode deixar substâncias tóxicas para o nosso corpo como resíduo, causando dores de cabeça, tonturas, fraqueza e náuseas.

    Outro porém: a dieta da proteína não é recomendada se você pratica esportes ou atividades físicas regularmente. O que pode ser uma notícia triste para os mais ativos, é um ponto positivo para os preguiçosos e sedentários. Não praticar exercícios físicos faz parte da dieta da proteína pois, ao executar esses exercícios, o corpo busca justamente nos carboidratos a energia necessária para o bom funcionamento. Da mesma forma, quando os exercícios terminam, são os mesmos carboidratos que irão ajudar o corpo a recuperar-se do desgaste causado. Ou seja, se você não está consumindo carboidratos e inicia ou continua uma rotina de exercícios, o estresse para o seu organismo será enorme, o que só vai intensificar os efeitos desagradáveis mencionados anteriormente.

    Enfim, a dieta da proteína não é a resposta definitiva para todas as pessoas. Mas, de acordo com seu estilo de vida (e, porque não, do seu paladar?) você pode usar a dieta da proteína para dar uma enxugada rápida na sua forma. Rápida, porque a dieta da proteína não deve ser mantida por um período superior a 15 dias, uma vez que a Cetose prolongada pode ser muito prejudicial ao organismo. Seja como for, experimente. Não custa nada tentar esse método que já ajudou muitas pessoas. Só entenda que, se essa dieta não funcionar, não significa que emagrecer é impossível. Você apenas necessita procurar o método que melhor se adapta ao seu estilo de vida, ter garra a determinação!

     

  • Exercícios Sun, Apr 24, 2011 No Comments

    Exercícios para perder a Barriga

    Exercícios para perder a Barriga

    Muita gente tem a ideia fixa de querer perder alguns centímetros de cintura, diminuir a barriguinha. Enquanto uns procuram dietas e remédios, outros – menos preguiçosos – preferem conhecer exercícios para perder barriga que possam ser praticados em qualquer lugar, sem a necessidade de se recorrer a uma academia. Seja qual for o seu método preferido, saiba que a combinação de uma alimentação saudável com exercícios para perder barriga é a opção mais eficaz contra os pneuzinhos insuportáveis. Veja abaixo uma lista de exercícios que ajudarão você a secar sua barriguinha. Tenha em mente que o caráter desse texto é meramente informativo e não substitui a instrução e orientação que pode ser passada por um profissional como um personal trainer.

    1) Faça o seguinte: deite no chão com a barriga pra cima, em uma superfície rígida, porém confortável, contraia o abdômen e levante ambas as pernas em direção ao teto. Mantenha as pernas nessa posição por alguns segundos e retorne-as para a posição inicial. Faça de 15 a 20 repetições.

    2) Deite no chão, barriga pra cima, superfície plana e agradável. Flexione os joelhos e mantenha os dois pés no chão. Olhando o tempo todo para o teto, leve as mãos atrás da cabeça, pouco acima da nuca, eleve o tronco alguns centímetros e expire. Quando voltar à posição inicial, inspire. Faça 4 séries de 10 a 15 repetições.

    3) Deitada em uma superfície confortável, de barriga pra cima, flexione os joelhos e mantenha os pés no chão. Coloque os dedos atrás da cabeça e faça um movimento simultâneo aproximando o cotovelo esquerdo do joelho direito, trazendo a perna e levantando o tronco, ao mesmo tempo em que estica a perna esquerda. Faça o mesmo invertendo os lados. Tenha em mente que o que deve projetar sua cabeça pra cima são os músculos do seu abdômen, e não as suas mãos. Faça até 20 repetições.

    4) Deitada no chão confortavelmente, prenda os pés em algum apoio com, por exemplo, a parte de baixo do sofá da sala. Levante todo o seu corpo sem nenhum apoio, apenas com a contração do seu abdômen. Retorne à posição inicial. Faça todo o movimento sem pressa e da maneira mais suave possível. Repita quantas vezes conseguir, sem que haja sofrimento.

    5) Deite-se no chão, mantenha o corpo reto e confortável. Flexione as pernas e coloque as mãos atrás da cabeça, mantendo atenção para não forçar o pescoço. Faça ambos os movimentos ao mesmo tempo: levante os joelhos em direção à cabeça enquanto leva a cabeça em direção aos joelhos, sempre prestando atenção nos músculos abdominais, percebendo o seu trabalho e esforço. Tente repetir até 20 vezes esses ótimos exercícios para perder barriga.

     

CENALESS é um remédio natural - ou seja, um fitoterápico - que ajuda você a eliminar a gordura que é ingerida na sua alimentação normal. Assim, se você aliar Cenaless a uma dieta, ou mesmo mantendo os seus mesmos hábitos, pode conseguir perder os quilinhos que tanto deseja. Já experimentou?

Mensagens de amor

Mensagens de amor

Quer ler muitas Frases de amor, uma mais bonita do que a outra? Que tal compartilhar com a gatinha ou com o bofe? Dê uma conferida em FrasesDeAmor.ca

April 2014
M T W T F S S
« Oct    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930